Ir para conteúdo principal

Notícias Conteúdo

14 de Setembro de 2016

Workshop mostrou importância das boas práticas para gestão privada e pública

 

Empresários, gerentes, administradores privados e públicos participaram nesta terça e quarta-feira (13 e 14 de setembro) do 2º. Workshop de Boas Práticas de Gestão promovido pelo Movimento MS Competitivo em parceria com o Sebrae, em Campo Grande. Durante os dois dias, o evento promoveu o compartilhamento de experiências de “cases” por meio de palestras com representantes de empresas que já conquistaram premiação.  Os sistemas de Gestão implementados pelos ganhadores como Brasal Refrigerantes, do Sebrae RS, Brasil Cowboy, Lavanderia Water Clean, Street Bags e da Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica são os destaques desta edição.

Para o presidente do MS Competitivo – comandado atualmente pela  Fecomércio MS - Edison Araújo,  o objetivo é disseminar o conhecimento por meio de exemplos de excelência.  “São oportunidades para saber o porquê algumas empresas, independentemente do porte, conseguem ser eficazes e produtivas. Muitas vezes, é o emprego de práticas gerenciais que promove a eficiência dos serviços, alto desempenho de um negócio, eliminação de perdas de produção e equilíbrio financeiro”.

O Gerente de Processos e Monitoramento do Sebrae RS, Júlio Cesar Ferrazza é um dos palestrantes. A Instituição ganhou o troféu ouro em 2015. Para ele, para promover a excelência em gestão “ é preciso ter constância de propósitos para conseguir atingir metas. Algumas vezes não são 5 anos de trabalho, são 10, 15 anos, até conseguir esse aprimoramento”.

A Brasal Refrigerantes também é ganhadora em nível nacional do Prêmio de Qualidade em 2009 e 2015. A gerente de qualidade Rita Viana acredita que o comprometimento dos colaboradores é fundamental para o desenvolvimento das boas práticas de gestão. “As pessoas se empoderam do conhecimento, têm autonomia de gestão e trazem ideias inovadoras. Elas são a base de tudo para o desenvolvimento de uma empresa”

O diretor de desenvolvimento do MS Competitivo Reginaldo Lima explica que a campanha do movimento este ano é “Tempos de Crise, tempos de Gestão” e, por isso, a vinda de grandes corporações e de órgãos públicos que trazem seus exemplos pode inspirar as empresas a ousarem e buscarem ferramentas profissionais que melhorem a gestão. “Independentemente do porte, elas podem usar os critérios de excelência na gestão e adaptá-los para sua realidade. O resultado é que vão conseguir ser eficazes e produtivas

Cases – Na manhã de quarta-feira, 14, o Workshop teve continuidade e, além dos cases da Lavanderia Water Clean, vencedora estadual do Prêmio MPE Brasil 2015 e Street Bags, vencedoras nacional do Prêmio Mulher de Negócios 2015, também houve apresentação da experiência do governo estadual e rodada de Boas Práticas com os participantes e os empresários.

Anaira Costa, da Water Clean, abriu os trabalhos apresentando o case da empresa, vencedora estadual do MPE em 2012 e 2015.  “As boas práticas são soluções medidas que possibilitam percorrer períodos mais turbulentos, mas para a gente não só auxiliou nisso, mas nos dá parâmetros para trabalhar de forma mais consistente, buscando resultados positivos de forma permanente”. O modelo de gestão foi adotado em 2010 pela empresa, que está no mercado desde 2000 e tem 34 funcionários. 

O governo estadual, que também integra o Movimento Brasil Competitivo, também apresentou sua experiência. Thaner Castro Nogueira, superintendente de Planejamento e Gestão da Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica, ressalta que mesmo em período de transição o modelo de gestão começou a ser implementado com sucesso em 2015 e produziu resultados. “Conseguimos atingir 65% das entregas o que para um ano de transição e restrições orçamentárias grandes foi considerado muito positivo”. Thaner ressalta a importância de momentos como Workshop que mostra à sociedade os impactos das boas práticas de gestão. “Um Estado sem gestão é uma ameaça gravíssima à cidadania”.