Ir para conteúdo principal

Notícias Conteúdo

22 de Maro de 2018

Palestra do MS Competitivo mostrou fundamentos da cultura de excelência

 

Palestra do MS Competitivo mostrou fundamentos da cultura de excelência

Na última quarta-feira, 21, o MS Competitivo realizou no Albano Franco, em Campo Grande, mais um momento “Encontro com a Gestão”, com palestra de Carlos Amadeu Schauff, do Instituto Paulista de Excelência da Gestão.

“Normalmente nas organizações a cultura é colocada de lado, assumida somente como um dado no sistema, mas é preciso ser trabalhada. A cultura de excelência envolve muitos fundamentos como a liderança transformadora, orientação por processos e geração de resultados. A segunda abordagem foi a forma de melhorar os processos a partir de uma metodologia, com participação de várias áreas. É uma jornada participativa”, resumiu o palestrante.

A diretora técnica do MS Competitivo, Olga Martinez, ressaltou que trabalhar a cultura é muito importante porque as organizações convivem com tecnologias, presentes especialmente  no público jovem, ao mesmo tempo com os colaboradores mais antigos e é preciso harmonizar e também entender que a cultura é mutável, acompanhando o mercado e a clientela.  “As organizações que não mudam não ficam paradas, elas ficam para trás. É muito fácil ter o tema financeiro na agenda, mas é preciso ter o tema gestão”. Ao longo do ano, outros temas de encontros serão processos, transformação e modelagem, gestão de risco, inovação e meio ambiente.

Paulo Roberto Gonçalves Ishikawa promotor de justiça e supervisor de Planejamento e Gestão Estratégica do Ministério Público participou pela primeira vez do encontro e falou sobre a busca de aproximação com a sociedade ao adotar o mesmo modelo que as organizações vêm adotando para melhorar a gestão. ”Conheci o MS Competitivo há pouco tempo e aos poucos o MEG – Modelo de Excelência da Gestão. Acho que traz um modelo de referência e o setor público tem muito a melhorar com base nessas práticas.


MS Competitivo – O MS Competitivo é voltado para organizações públicas e privadas de grande e pequeno porte. O compromisso é de mobilizar o maior número de lideranças para a melhoria da qualidade, produtividade e competitividade das organizações e do terceiro setor, a fim de consolidar as cadeias produtivas que fortalecem a vocação natural do Estado, agregando qualidade de vida para a população sul-mato-grossense.